capa

Construção do Hospital Regional de Palmeira das Missões já tem empresa responsável

O resultado da licitação foi anunciado, mas ainda cabe recurso das demais participantes

Por
Agostinho Piovesan

A empresa tem prazo de 24 meses para entregar a obra

publicidade

Uma empresa de Curitiba (PR) venceu a licitação para a construção do Hospital Público Regional (HPR) de Palmeira das Missões. Dez empresas apresentaram propostas, mas a paranaense mostrou a com menor valor, de R$ 115 milhões. O maior valor foi de R$ 143 milhões. Segundo o prefeito de Palmeira, Eduardo Russomano Freire, até a próxima terça-feira (19) pode haver recursos. “Após esse prazo, caso não seja registrado nenhum recurso, encaminharemos a assinatura do contrato com a empresa vencedora". Com isso, terá início a montagem do canteiro de obras e os trabalhos de construção.

O município já dispõe de R$ 60 milhões, depositados em uma conta na Caixa Econômica Federal. O contrato entre município e Ministério da Saúde foi assinado ainda em 2009. O valor estimado necessário para edificar a estrutura física de 32 mil metros quadrados era de R$ 165 milhões. Com a licitação, o valor baixou para R$ 115 milhões. Já são feitas tratativas pela prefeitura para liberar o restante dos recursos junto ao governo federal, bem como para a aquisição dos equipamentos.

O prefeito lembra que o HPR atenderá exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). “Será um hospital com 180 leitos de internação e atenderá pacientes de 72 municípios das regiões Norte e Noroeste do Estado.” A estrutura será erguida no km 01 da BR 468 e a empresa tem prazo de 24 meses para entregar a obra. Cabe do município garantir a implantação das redes de água e energia elétrica na instituição, que terá 95% da área construída de forma horizontal e apenas dois blocos terão dois andares. “As pessoas deixarão de se deslocar para outras regiões do Estado e poderão receber atendimento aqui mesmo e isso é extremamente significativo”, avalia o presidente da Associação dos Municípios da Zona das Produção, Gilmar da Silva.