Crianças ídigenas receberam a primeira dose contra a Covid-19 em Santa Maria

Crianças ídigenas receberam a primeira dose contra a Covid-19 em Santa Maria

O transporte das crianças foi realizado pela prefeitura, que os buscou nas aldeias

Correio do Povo

35 crianças, que vivem nas aldeias kaingang e guarani, receberam a primeira dose

publicidade

A Prefeitura de Santa Maria segue com a Campanha de Vacinação contra a Covid-19. Na tarde desta quarta-feira, 35 crianças de 5 a 11 anos que vivem em comunidades indígenas, das aldeias kaingang e guarani, receberam a primeira dose do imunizante.

A iniciativa ocorreu na Estratégia Saúde da Família (ESF) São José, em parceria com a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). O transporte das crianças foi realizado pela prefeitura, que os buscou nas aldeias. As crianças estavam acompanhadas dos pais, que assinaram uma autorização para vacinação dos filhos.

O enfermeiro da Secretaria Especial de Saúde Indígena, Rafael Ribeiro, declara a importância do apoio da prefeitura e explica o porquê de a ação ser realizada na ESF e não nas aldeias “Para organizarmos a vacina das crianças indígenas, a parceria com a prefeitura é fundamental. O protocolo da Sesai e do Ministério da Saúde recomenda que as crianças sejam monitoradas por 20 minutos após a aplicação da dose. Nas aldeias, não temos a capacidade de monitoramento das crianças. A ação na ESF dá mais segurança às crianças e aos pais que ficam mais tranquilos ao saber que os filhos são monitorados e recebem o auxílio médico. Para nós é muito importante essa parceria, tornando mais fácil a vacinação com o município nos amparando.”

Após a aplicação, as crianças permaneceram no local de imunização por 20 minutos, em uma sala da unidade em observação, brincando e pintando desenhos. Também receberam um certificado de coragem personalizado por tomar a vacina contra a Covid-19.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895