Daer ainda analisa solução para recuperar trecho da ERS 448 na Serra

Daer ainda analisa solução para recuperar trecho da ERS 448 na Serra

Parte da rodovia foi afetada em função das fortes chuvas

Celso Sgorla

Trânsito no km 39,5 da ERS 448 entre Farroupilha e Nova Roma do Sul segue interrompido

publicidade

O trânsito no km 39,5 da ERS 448 entre Farroupilha e Nova Roma do Sul segue interrompido. Parte da rodovia foi destruída no dia 30 de junho em função das fortes chuvas

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) informou que os trabalhos de topografia foram concluídos e a próxima etapa é a sondagem geológica e geotécnica. A partir disso, o geólogo especializado e a empresa projetista irão definir e detalhar os serviços, apresentando-os, juntamente com o quadro quantitativo de materiais, para a autarquia. Portanto, neste momento, não há valores estabelecidos.

O Daer, através da assessoria de comunicação, acrescenta que a região é de alto risco e exige um conhecimento prévio do material antes da execução da escavação.

O prefeito de Nova Roma do Sul, Douglas Pasuch (PP), adianta que uma das alternativas  que está sendo analisada e que poderá agilizar e  baratear o custo da obra de recuperação  da rodovia seria  a abertura de duas pistas avançando na rocha e não mais utilizar o trecho danificado, ou seja, não reconstruir a pista e promover a abertura de um novo trecho utilizando como base de sustentação do asfalto a própria rocha. 

Por enquanto, os motoristas que se deslocam de Veranópolis em direção a Nova Roma do Sul devem utilizar a RS 437. Os que saem de Farroupilha podem seguir até Antônio Prado, pela RS 122, acessar a cidade e pela RS 437 e por um trecho da ERS 448 chegar a Nova Roma do Sul.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895