Decreto libera eventos infantis e uso de praças em Sapucaia do Sul

Decreto libera eventos infantis e uso de praças em Sapucaia do Sul

Texto do município acompanha novas determinações do Governo Estadual

Fernanda Bassôa

Sapucaia do Sul está na bandeira laranja do Distanciamento Controlado há seis semanas consecutivas

publicidade

A partir desta quinta-feira entra em vigor o novo decreto municipal de Sapucaia do Sul – em conformidade com determinações estaduais – que permite a realização de eventos infantis em casas de festas, desde que sejam seguidos protocolos de prevenção, bem como abertura de praças, bibliotecas e museus. Com a permanência na bandeira laranja do Distanciamento Controlado por seis semanas consecutivas, a prefeitura anunciou a flexibilização de novas medidas. 

O novo decreto também leva em conta a abertura dos provadores de roupa e a realização de reuniões de conselhos deliberativos de clubes e de condomínios particulares.  

Para realização de festas infantis, os estabelecimentos devem adotar e seguir inúmeras medidas, como limite máximo de 70 pessoas, entre trabalhadores e público, ambientes abertos e arejados, duração máxima de quatro horas por evento, uso obrigatório de máscara, distanciamento mínimo de dois metros entre as mesas. Toda a área comum deve ser higienizada antes da abertura e após o evento, superfícies de contato devem ser higienizadas a cada hora, e os brinquedos a cada uso. Também deverá ser disponibilizado álcool em gel 70% em diferentes locais e kits completos nos banheiros, com álcool, sabonete líquido, toalha de papel e lixeira com tampa com acionamento sem uso das mãos. Ficam proibidos alimentos expostos. Talheres e guardanapos devem ser embalados individualmente. 

Sobre as reuniões de conselhos de clubes e condomínios, será permitida a realização de reuniões de conselhos deliberativos de clubes e de condomínios particulares, com o objetivo de prestação de contas e de eleições locais. Durante as reuniões deverá ser mantida a ventilação do local, com portas e janelas abertas.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895