Delegacia da Mulher atende mais de 200 casos em São Leopoldo
capa

Delegacia da Mulher atende mais de 200 casos em São Leopoldo

Em um mês de funcionamento, casos foram registrados no local ou encaminhados após registro na Delegacia de Pronto Atendimento

Por
Stephany Sander

Delegacia Especializada de Atendimento da Mulher de São Leopoldo completa um mês de funcionamento

publicidade

Completando um mês de funcionamento, a Delegacia Especializada de Atendimento da Mulher (Deam) de São Leopoldo já atendeu 202 boletins de ocorrência. Deste total, 108 foram registrados no local e 92 encaminhados após registro inicial na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Muitos destes casos foram encaminhados para o Centro Jacobina, referência no atendimento e acolhimento a mulheres vítimas de violência no município.

Segundo a coordenadora do Jacobina, Ana Claúdia Pinheiro, a integração das equipes tem acolhido cada vez mais as mulheres. “Com a Deam, as mulheres estão mais propensas a fazer a denúncia. Antes, muitas delas até procuravam denunciar, mas chegavam à Delegacia de Polícia e desistiam, seja por estar lotada ou pelo receio do atendimento”, afirma, lembrando ainda do trabalho realizado pela Patrulha Maria da Penha, da Brigada Militar.

O Centro Jacobina localiza-se na rua Brasil, 784, no Centro, e atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, e pelos telefones (51) 3592-2184 e (51) 3566-1777.

Já a Deam funciona de segunda a sexta-feira, das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min, na rua São Paulo, 970, também no Centro, e atende pelo (51) 3591-3333 e (51) 3591-3334, enquanto a Patrulha Maria da Penha está disponível pelo telefone 190.