DNIT e PRF alertam para trânsito lento em trechos da BR 287 e 158 em Santa Maria

DNIT e PRF alertam para trânsito lento em trechos da BR 287 e 158 em Santa Maria

Obras de duplicação e melhorias da travessia urbana em cerca de 15 quilômetros geram congestionamentos

Renato Oliveira

Obras da travessia urbana deixam o trânsito lento em trechos da BR 287 e 158

publicidade

Os motoristas que utilizam duas das principais rodovias que cortam a região Central do Estado precisam ficar atentos com o trânsito lento em alguns trechos em decorrência das obras de travessia urbana. Os trabalhos ocorrem em um trecho de cerca de 15 quilômetros no município de Santa Maria, região onde acontece um grande fluxo de veículos procedentes, principalmente, da fronteira Oeste que se deslocam para as cidades da Quarta Colônia Italiana (na região Central do Estado e que é formado por nove municípios) e para a grande Porto Alegre. 

Os trabalhos da Travessia Urbana tiveram início em 2014 e a previsão é que seja concluída no decorrer do próximo ano. O projeto consiste de duplicação das BR 287 e 158, além da construção de calçadas, ciclovias, passarelas e viadutos.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Policia Rodoviária Federal (PRF) alertam os motoristas que redobrem a atenção no trecho, principalmente, na BR 287, saída para as cidades da fronteira, onde os trabalhos estão concentrados. A região tem grande movimento de caminhões com destino ao Porto de Rio Grande.

No conhecido trevo da Uglione, na Br 392, o congestionamento de veículos acontece, principalmente, no início da manhã e próximo ao meio-dia.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895