Dois homens são presos por vender carne imprópria para consumo em Uruguaiana

Dois homens são presos por vender carne imprópria para consumo em Uruguaiana

Dupla deve ser indiciada por crime contra a relação de consumo

Fred Marcovici

Polícia Civil comandou ação

publicidade

A Polícia Civil de Uruguaiana prendeu, nesta quinta-feira, dois homens por crimes contra a relação de consumo. Eles estavam armazenando e vendendo carnes em condições impróprias.

A Operação Merino foi deflagrada após oito meses de investigação. Conforme apurado, os indivíduos abatiam ovinos de forma ilegal, sem observâncias das normas sanitárias e, posteriormente, revendiam, inclusive anunciando o produto em redes sociais.

Na operação, os agentes verificaram a exposição de quatro peças inteiras de ovinos, com outras duas peças inteiras em um freezer e diversas partes fracionadas em dois outros refrigeradores, totalizando ao menos 300kg de carne imprópria ao consumo.

No local, ainda havia - balança digital, seladora a vácuo e embalagens, máquinas para corte e apetrechos para abate. Além disso, foram localizadas cinco armas de fogo e diversas munições de variados calibres. Dada voz de prisão em flagrante delito, os homens foram conduzidos à DPPA – Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento para que fosse lavrado o flagrante.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895