Donwlimpíada promove inclusão e pluralidade em Uruguaiana
capa

Donwlimpíada promove inclusão e pluralidade em Uruguaiana

Primeira edição da iniciativa contou com 16 atletas inscritos

Por
Fred Marcovici

Downlimpíada teve adesão de cadeirantes e usuários de próteses

publicidade

No último final de semana aconteceu, de forma inédita, a 1ª Downlimpíada de Uruguaiana. O evento, idealizado pelo projeto Inclusão em Movimento, da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), foi desenvolvido em parceria com o SESC e a Prefeitura. A atividade voltou-se às pessoas com Síndrome de Down e, dentro da proposta de inclusão e pluralidade, sem que houvesse limitação a participantes, contou com a adesão de cadeirantes e desportistas usuários de próteses.

Os 16 atletas inscritos ocuparam as dependências da Escola Municipal de Educação Infantil Cecília Meireles disputando baterias de corridas de curtas distâncias sob o monitoramento de oito acadêmicos e docentes de Educação Física e Fisioterapia do Projeto Inclusão em Movimento.

Todos os participantes receberam medalhas pelo esforço e superação. A prática não teve caráter competitivo. A organização também disponibilizou lanche partilhado aos atletas, visando tornar a Downlimpíada agradável e um meio de sociabilidade. “O grande destaque desta tarde ficou por conta da própria realização do evento. Hoje testemunhamos um grande engajamento por parte de atletas que se propuseram a vir aqui para mostrar-nos que não podemos nos intimidar com as barreiras do dia a dia”, disseram os dirigentes.

O prefeito Ronnie Mello saudou a iniciativa do grupo do Projeto Inclusão em Movimento, destacando a Downlimpíada como forma de enfrentar preconceitos, estereótipos e promover a igualdade e a inclusão de indivíduos com deficiência. “Precisamos da população na linha de frente das mudanças sociais”, concluiu.