Eletricista constrói mais de 340 abrigos para cães em Cachoeirinha
capa

Eletricista constrói mais de 340 abrigos para cães em Cachoeirinha

Casas são feitas a partir de doações e mão de obra gratuita

Por
Fernanda Bassôa

Projeto Casinhas Azuis recebe pedidos até de Santa Catarina

publicidade

Em pouco mais de um ano da criação do Projeto Casinhas Azuis, em Cachoeirinha, mais de 340 abrigos já foram fabricados e distribuídos para acomodar cães comunitários, de rua e recém-adotados. A produção das casinhas é feita pelo eletricista Felipe Meireles, 50 anos, que também se aventura no ramo da marcenaria. A matéria-prima é 100% resultado de doações e a mão de obra, segundo ele, totalmente gratuita. “Eu faço pelo amor aos animais.” 

O projeto iniciou-se depois que uma professora pediu ajuda para abrigar um cachorrinho de rua que estava nas proximidades da escola. “A partir daí, comecei a produzir e não parei mais. De 50 pedidos, eu consigo atender 20. Temos casinhas espalhadas na região Metropolitana, no Litoral Norte e até em Santa Catarina. Trabalhamos em conjunto com a rede de protetores de animais local. Os abrigos são fornecidos para aqueles cães que são castrados e estão com as vacinas em dia,” conta.

Meireles explica que o nome do projeto se deu em função da primeira doação de tintas, na cor azul. “Contamos com apoio de empresas daqui e de Porto Alegre que doam as caixas de madeira. Temos doação de pregos e telhas. Há pouco, perdemos a parceria que nos auxiliava com a conta de luz. Por isso, agora, todo mês promovemos um brechó para angariar fundos”, disse Meireles. “Todos os envolvidos participam de forma voluntária. É por amor mesmo. Sem dúvida este trabalho é referência para 1,8 mil voluntários gaúchos e protetores de animais que castram, medicam e encaminham os cães para adoção.” 

A Prefeitura de Cachoeirinha é outra parceira, pois apoia a instalação dos abrigos em via pública e ajuda no recolhimento de sobras de madeira no entorno da residência de Meireles, para o descarte mais adequado. Interessados em ajudar no projeto podem entrar em contato pelo telefone (51) 98264-9549.