Em meio a uma epidemia de dengue, Erechim realiza ações para evitar proliferação

Em meio a uma epidemia de dengue, Erechim realiza ações para evitar proliferação

Prefeitura trabalha para evitar acúmulo de pneus e lixo na cidade

Agostinho Piovesan

Nas últimas semanas, foram recolhidos 420 pneus em Erechim

publicidade

A secretaria municipal de Saúde de Erechim informou, nesta segunda-feira, que o município do Norte do Rio Grande do Sul vive uma epidemia de dengue. Várias ações estão sendo realizadas quanto à conscientização da população e combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Segundo a SMS, neste ano 1.439 pessoas já contraíram a doença no município e foram confirmados 812 casos por laboratório e 627 casos clínico-epidemiológico, neste caso, devido ao cenário da epidemia, o exame de sorologia não se torna obrigatório para confirmação do caso. Outros 262 casos suspeitos aguardam resultados de exames. 

Pacientes residentes em locais onde já se confirmaram casos e que venham a apresentar febre e mais dois sintomas clássicos da dengue podem ser confirmados pelo critério clínico epidemiológico.

O Poder Público informou que equipes dos agentes de endemias visitam periodicamente as residências com o intuito de identificar focos e criadouros do mosquito. Outra é a aplicação do fumacê que vem sendo realizada em parceria com a Força Voluntária do Alto Uruguai e Defesa Civil do município. 

Além disso, em alguns bairros da cidade foram instalados contêineres para descarte do lixo, evitando desta forma o acúmulo de resíduos em terrenos particulares. 

Mobilização 

Nas últimas semanas as secretarias da Saúde, do Meio Ambiente e da Força Voluntária recolheram 420 pneus nos bairros São Cristóvão, Aeroporto, Progresso, Cristo Rei e Petit Vilage. Nestes locais registra-se um número elevado de notificações e casos da doença. Os pneus recolhidos serão destinados à recicladora de pneus que trabalha em parceria com o município.

Segundo o diretor da Vigilância em Saúde, Everton Pujol Guterres, a participação da comunidade com os cuidados contra a dengue é fundamental, já que Erechim passa por uma epidemia da doença.

“Para a prevenção da doença é fundamental a participação da comunidade por meio de uma mobilização social, sendo que, enquanto o poder público trabalha vistoriando as residências e eliminando criadouros, a população deve colaborar com várias atitudes, como evitar a coleta de água da chuva durante a epidemia e eliminar qualquer material que possa ser um possível criadouro do mosquito do gênero Aedes”, disse. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895