Empresários de Novo Hamburgo contratam limpeza para a BR 116
capa

Empresários de Novo Hamburgo contratam limpeza para a BR 116

Como o Dnit não tinha previsão para executar o serviço, grupo agilizou a manutenção

Por
Stephany Sander

Limpeza acontece às margens da rodovia

publicidade

Motoristas que trafegam pela BR 116, no trecho do Vale do Sinos, têm presenciado fumaça às margens da rodovia devido a pequenos incêndios na vegetação no entorno da estrada. As chamas, que atrapalham a visibilidade dos condutores, são provocadas pelo calor intenso, fagulhas de bitucas de cigarro ou até pelo lixo acumulado no entorno, conforme a Polícia Rodoviária Federal.

Pensando em amenizar a situação, empresários de concessionárias às margens da 116 em Novo Hamburgo decidiram investir na limpeza da vegetação, no principal acesso ao município, já que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) não tinha previsão para executar o serviço. Durante a tarde de ontem, equipes trabalhavam no trecho do viaduto de acesso à avenida Sete de Setembro.

O Dnit informa que tem contrato de manutenção, conservação e recuperação na BR 116, mas que se encontra totalmente exaurido, sendo que os esforços estão voltados para as emergências na rodovia, como tapa-buracos. A autarquia afirma que o último aporte do governo federal foi em julho de 2018 e que, apesar de saber que a vegetação nesta época do ano está em sua fase de maior crescimento e mais seca, sendo favorável a focos de incêndio por diversos motivos, não há verbas disponíveis no contrato para limpeza de canteiros.