Empresa responsável pelo sistema de oxigênio do Lauro Reus relata falha em válvula após nova pane

Empresa responsável pelo sistema de oxigênio do Lauro Reus relata falha em válvula após nova pane

Air Liquide explicou em nota que dispositivo estava indevidamente fechado e o abastecimento era feito por cilindros da central de backup

Stephany Sander

publicidade

A empresa Air Liquide, responsável pelo sistema de oxigênio do Hospital Lauro Reus, divulgou uma nota sobre a nova pane ocorrida na casa de saúde na manhã desta segunda-feira. Segundo o texto, a empresa foi acionada pelo time de manutenção do Lauro Reus para verificar a queda na pressão do sistema de distribuição de oxigênio e atendeu prontamente ao chamado. Ao chegar no Hospital, constatou que a válvula do tanque de oxigênio estava indevidamente fechada e o abastecimento sendo feito pelos cilindros da central backup, que estavam integralmente disponíveis. A empresa desconhece os motivos pelos quais se deu o fechamento da válvula do tanque.

O técnico da Air Liquide procedeu à reabertura da válvula e o abastecimento do Hospital voltou a ser feito pelo tanque de oxigênio. Foi feita ainda a reposição dos cilindros da central backup, utilizados enquanto a mesma esteve acionada. Em nenhum momento o Hospital ficou sem oxigênio.

Durante o atendimento da Air Liquide, constatou-se também que as câmeras de segurança posicionadas diante do tanque de oxigênio continuavam não funcionando, o que foi confirmado pelo responsável pela manutenção do Hospital Lauro Reus. Esse monitoramento, bem como a gestão do suprimento de oxigênio, cabe à unidade hospitalar.

A nova equipe que cuida da manutenção do Hospital, inclusive, já recebeu treinamento da Air Liquide sobre como proceder em situações de emergência. A empresa reitera que a ocorrência foi prontamente atendida e que não houve desabastecimento de oxigênio na unidade. A segurança e o bem-estar dos pacientes, clientes e funcionários é uma prioridade absoluta para a Air Liquide.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895