capa

Enfermeiros da Santa Casa de Pelotas entram em greve

Os trabalhadores pedem o pagamento integral do salário de fevereiro

Por
Correio do Povo

Os enfermeiros da Santa Casa de Pelotas entraram em greve hoje

publicidade

Os enfermeiros da Santa Casa de Pelotas, no Sul do Estado, entraram em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira. A decisão foi tomada em assembleia da categoria na quinta-feira (7). Os serviços estão sendo mantidos em 50% no setores considerados essenciais. 

De acordo com o presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Rio Grande do Sul, Estevão Finger, os trabalhadores reivindicam o pagamento integral do salário de fevereiro, o fim da prática de atrasos e parcelamentos dos pagamentos, o que ocorre há dois anos, além do depósido do FGTS e do 1/3 de férias dos funcionários, também em atraso. Finger destacou o relato dos profissionais sobre a falta de material na instituição, incluindo sabão, papel higiênico, luvas, medicamentos, aventais e fio de sutura. "A situação coloca a população de Pelotas em prejuízo", afirma. 

Uma reunião de mediação está marcada para as 19h desta segunda-feira no Tribunal Regional do Trabalho, em Porto Alegre, com a participação de representantes do sindicato e da instituição. Desde o dia 25 de fevereiro, técnicos de enfermagem e encarregados de higienização e da copa, regidos pelo Sindicato dos Trabalhadores em Serviços de Saúde de Pelotas, já estão em greve. O grupo também reivindica o fim dos atrasos de salários e melhoria das condições de trabalho. 

A reportagem tentou contato com a direção da Santa Casa de Pelotas, mas ainda não obteve retorno.