Equipe do Exército realiza visita a barragem da Arvorezinha, em Bagé

Equipe do Exército realiza visita a barragem da Arvorezinha, em Bagé

Expectativa da prefeitura é que militares assumam a obra, que foi interrompida em 2013

Angélica Silveira

publicidade

Representantes do 1º Batalhão Ferroviário do Exército, de Lages (SC), subordinados ao 4º Grupamento de Engenharia do Comando Militar do Sul, estarão nesta quinta-feira em Bagé para conhecer o projeto da obra da barragem da Arvorezinha. A visita é resultado de um pedido do Prefeito de Bagé, Divaldo Lara ao presidente Jair Bolsonaro, que esteve na cidade na última semana. 

A construção da barragem foi anunciada no ano de 2006, iniciou em 2011 e dois anos depois foi embargada para investigação de supostas irregularidades financeiras. A obra parou com 35% da construção concluída. Neste ano, a cidade sofreu com o racionamento entre os meses de março e junho em função da estiagem. Conforme o Departamento de Água e Esgoto de Bagé (Daeb), quando a obra da barragem for totalmente concluída a reserva de água na cidade será quatro vezes mais do que é atualmente.

“Estamos dando início a esta parceria com o Exército que está sendo apoiada e priorizada pelo nosso presidente Jair Bolsonaro. Temos a certeza que tudo será encaminhado da melhor maneira possível para concretizar a obra mais esperada da cidade”, destacou Lara. Ele acredita que a obra poderá ser concluída em poucos meses pelo Exército. 

Os militares irão a barragem acompanhados de diretores do Daeb. À tarde, o grupo irá para a prefeitura. 

A adaptação do projeto da barragem, realizada pelo engenheiro Emílio Mansur, foi apresentada em Brasília para o Ministério do Desenvolvimento Regional pelo prefeito e pelo diretor do Daeb na semana passada. O tema também foi pauta de audiência com o vice-presidente General Hamilton Mourão e com o ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni. 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895