ERS 122 segue sem previsão de liberação entre São Vendelino e Farroupilha
capa

ERS 122 segue sem previsão de liberação entre São Vendelino e Farroupilha

Km 43 da Rodovia está bloqueado desde o início de novembro por conta de uma queda de barreira

Por
Correio do Povo

Queda de barreira ocorreu no dia 4 de novembro

publicidade

Segue sem previsão a liberação para o trânsito no km 43 da ERS 122, entre São Vendelino e Farroupilha, na Serra. Desde 4 de novembro o trecho está bloqueado devido a uma queda de barreira durante um temporal. O desbloqueio só deve ocorrer após a detonação de rochas do alto do talude às margens da rodovia. Segundo o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), o sucesso dessa etapa é fundamental para se avaliar a possibilidade de novos deslizamentos.

No momento, equipes da empresa contratada para a manutenção da ERS 122 fazem perfurações nas rochas da parte superior da encosta. Os furos serão utilizados para colocação dos explosivos. “Será uma explosão controlada no sentido de desprender as rochas que seguem instáveis. Além disso, é preciso ter cautela em razão da existência de uma torre de alta tensão, no alto do morro, que não pode sofrer abalos”, explica o diretor de Operação Rodoviária do Daer, Sandro Wagner Vaz dos Santos.

Conforme o diretor de Infraestrutura Rodoviária da autarquia, Luciano Faustino, o desbloqueio do trecho será definido após o desmonte das rochas. “A expectativa é iniciar a etapa de remoção após as detonações ainda nesta semana, porém o trabalho está condicionado às variações climáticas, uma vez que um alto volume de chuva pode acarretar queda dos equipamentos que realizam a atividade em cima do talude”, informou.