Falta de Internet restringe atendimentos na UPA de São Leopoldo
capa

Falta de Internet restringe atendimentos na UPA de São Leopoldo

Como o sistema é totalmente on-line, acompanhamento completo é mais demorado

Por
Stephany Sander

publicidade

O atendimento médico está restrito nesta terça-feira na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de São Leopoldo por falta de Internet. Segundo profissionais do local, os pacientes estão passando pela triagem com a ficha de atendimento feita de maneira manual. Conforme uma integrante da equipe, sem o sistema, feito totalmente on-line, não há como fazer o acompanhamento médico completo. Durante o final de semana o mesmo problema já teria afetado os serviços.

Entre o fim da manhã e o início da tarde, cerca de 50 pessoas aguardavam atendimento, inclusive do lado de fora da unidade, localizada no bairro Scharlau. Cansados de esperar, alguns desistiram e foram para postos de saúde. Eneida Gomes afirmou que estava havia mais de 5 horas aguardando a liberação do pai. "Chegamos aqui às 6h30min. O atendimento foi muito bom e meu pai foi logo medicado. Fizeram exames de sangue e urina, só que sem Internet os resultados não vêm, aí ele não pode ser liberado", relatou ela.

A Secretaria Municipal de Saúde afirma que está checando as informações a fim de tentar solucionar o problema. O IBSaúde, que administra a unidade informou, no fim da tarde desta terça, que a falta de internet na UPA Scharlau durou cerca de 2 horas, mas nenhum paciente foi prejudicado. Segundo a entidade, assim que o sistema voltou o atendimento foi restabelecido e voltou à normalidade.