Familiares esperam estar vacinados para acompanhar júri da Kiss, em dezembro

Familiares esperam estar vacinados para acompanhar júri da Kiss, em dezembro

Marcação de data em dezembro, após demora, gera alento aos parentes e amigos de vítimas em Santa Maria

Renato Oliveira

Julgamento foi marcado para dezembro, mas deve ocorrer em Porto Alegre

publicidade

A marcação do julgamento da tragédia da Kiss para dezembro gera a expectativa para que pais e familiares possam acompanhar no plenário do júri. "Esperamos que até o dia todos tenham recebido a vacinação contra a Covid-19", projetou o advogado Pedro Barcellos, da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM).

"Eu  acredito, também, que o julgamento será em Porto Alegre, apesar de que o mais certo fosse acontecer no local onde ocorreu a tragedia, ou seja, a cidade de Santa Maria", frisou Barcellos.

Ogier Rosado, pai de Vinicius Rosado, que morreu na tragédia aos 27 anos, avaliou que a marcação de data é um "alento". O processo foi mais politico do que técnico, comentou, destacando que a tragédia deixou uma lição que muitos não aprenderam.

O júri de Elissandro Callegaro Spohr, Mauro Londero Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão, que respondem pelo incêndio ocorrido na Boate Kiss, em 2013, foi marcado para o dia 1º de dezembro de 2021, a partir das 9h. A data do julgamento foi agendada pelo novo titular do 2º Juizado da 1ª Vara do Júri do Foro Central de Porto Alegre, Orlando Faccini Neto.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895