Foz do Chapecó Energia destina R$ 1,3 milhão para projetos sociais

Foz do Chapecó Energia destina R$ 1,3 milhão para projetos sociais

Seleção é feita por uma comissão interna que dá prioridade para projetos desenvolvidos nos 14 municípios abrangidos pela usina

Agostinho Piovesan

Os projetos atendem mais de 1,5 mil pessoas, a maioria crianças e idosos

publicidade

A Foz do Chapecó Energia informou que vai destinar mais de R$ 1,3 milhão, via leis de incentivo fiscal, para 14 projetos sociais que serão desenvolvidos nos municípios abrangidos pela usina hidrelétrica localizada no rio Uruguai, entre Alpestre (RS) e Águas do Chapecó (SC). Os projetos atendem mais de 1,5 mil pessoas, a maioria crianças e idosos. Essa foi a primeira seleção do ano realizada pela empresa, que avaliou 66 propostas cadastradas no primeiro semestre de 2022. Desde 2012, a Foz do Chapecó já destinou cerca de R$ 23 milhões via leis de incentivo a projetos.

Segundo o diretor da Foz do Chapecó Energia, Otávio Luiz Rennó Grilo, a seleção é feita por uma comissão interna que dá prioridade para projetos desenvolvidos nos 14 municípios da área de influência da usina hidrelétrica Foz do Chapecó. Entre os quesitos avaliados está a importância para a comunidade e a sustentabilidade da proposta.

“Nosso foco tem sido a inclusão social, principalmente para crianças, adolescentes e idosos, por meio de aulas no contraturno escolar e atividades físicas que fomentam a interação e a saúde e esperamos que na segunda etapa, em novembro, tenhamos mais projetos interessantes e que levem qualidade de vida e desenvolvimento às comunidades abrangidas”, observa.

Todo o ano a empresa realiza duas etapas. A primeira em julho e, a segunda, em novembro. Para participar, os projetos que são propostos por empresas, associações ou pelos próprios municípios devem estar aprovados em alguma das leis de incentivo - Cultura, Esporte, Fundo para a Infância e Adolescência, Fundo do Idoso, Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon) e Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas). São beneficiados os 14 municípios abrangidos pela usina: Águas do Chapecó, São Carlos, Palmitos, Guatambu, Caxambu do Sul, Itá e Paial, em Santa Catarina, e Alpestre, Rio dos Índios, Nonoai, Faxinalzinho, Erval Grande e Itatiba do Sul, no Rio Grande do Sul.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895