Gravataí abre 15 novos leitos para atendimento da Covid-19 e mantém suspensas aulas presenciais

Gravataí abre 15 novos leitos para atendimento da Covid-19 e mantém suspensas aulas presenciais

Decreto com novas medidas será editado nesta terça-feira

Fernanda Bassôa

Hospital Dom João Becker e Hospital de Campanha encontram-se com leitos em ocupação máxima

publicidade

Diante da grave situação que se encontra o sistema de saúde do município e da lotação na capacidade de atendimento para o novo coronavírus junto ao Hospital Dom João Becker, em Gravataí, o prefeito Luiz Zaffalon anunciou a abertura de 15 novos leitos exclusivos para tratamento da Covid-19 no Pronto Atendimento Municipal. "É uma situação grave, de lotação completa de nossas estruturas hospitalares. Não só aqui, mas em toda a região", destacou o prefeito.

Segundo o secretário de Saúde, Régis Fonseca, no Hospital Dom João Becker Santa Casa, a capacidade de atendimento no Dom João Becker chegou a 100% nos 32 leitos, em três alas: UTI, enfermaria e hospital de campanha. O secretário alertou que a população pode buscar atendimento nos postos de saúde do município - UBS e USF. "Aqueles com sintomas de coriza, febre e tosse devem procurar uma das 29 unidades de saúde do município”, esclareceu Régis.

Zaffalon disse ainda que Gravataí irá cumprir com as determinações definidas no Decreto Estadual 55.764 (válido até 2 de março), que institui medidas sanitárias extraordinárias para fins de prevenção e de enfrentamento à pandemia no âmbito do Estado. Nesta terça-feira, a prefeitura editará um decreto com as novas medidas. Segundo Zaffalon, por enquanto, as aulas presenciais na rede municipal de ensino estão suspensas.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895