Grupo de historiadores vai a Uruguaiana para coletar novas informações da Guerra do Paraguai
capa

Grupo de historiadores vai a Uruguaiana para coletar novas informações da Guerra do Paraguai

Atividade fez parte da programação do “Encuentro Internacional de Historiadores sobre la Guerra del Paraguay, Guerra Guazú e Guerra Grande de la Triple Alianza”

Por
Fred Marcovici

Grupo de historiadores analisa documentos da Guerra do Paraguai

publicidade

Um grupo de historiadores integrado por professores e pesquisadores paraguaios, uruguaios e argentinos visitou Uruguaiana neste domingo com o objetivo de coletar e estudar novas informações sobre a Guerra do Paraguai. A comitiva foi recebida pela diretora de cultura do município, Maiza Jacques, e pelo historiador Carlos Fonttes, que na oportunidade explanou aos convidados a sequência de momentos que marcaram o movimento da Retomada de Uruguaiana, em 18 de setembro de 1865, ocorrido durante o período da Guerra do Paraguai.

A atividade fez parte da programação do “Encuentro Internacional de Historiadores sobre la Guerra del Paraguay, Guerra Guazú e Guerra Grande de la Triple Alianza”, que teve sua programação iniciada no último sábado, na cidade vizinha de Paso de los Libres, na Argentina.

O roteiro da visita dos historiadores contou com a passagem pelo Centro Cultural Dr. Pedro Marini, Praça Barão do Rio Branco, Biblioteca Municipal Luiz do Prado Veppo, Museu Raul Pont, Museu do Rio Uruguai e o Obelisco, marco histórico do episódio da Retomada de Uruguaiana, localizado na avenida Presidente Vargas com rua Flores da Cunha.