Hospitais acionam planos de contingência para liberar mais leitos em Canoas

Hospitais acionam planos de contingência para liberar mais leitos em Canoas

Em 24 horas, município registrou 707 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus

Fernanda Bassôa

Novos leitos foram ativados no Hospital de Pronto Socorro de Canoas

publicidade

A Prefeitura de Canoas informou que o município enfrenta o pior momento da pandemia e que nos últimos dias as unidades de terapia intensiva da rede registraram índices de superlotação. Diante deste cenário, administração precisou ativar os planos de contingência das instituições hospitalares. A finalidade dessa manobra, segundo o secretário municipal adjunto da Saúde, Luiz Octavio Martins Mendonça, é possibilitar a ampliação de leitos e readequar espaços físicos com leitos extras nas alas Covid, a fim de dar o suporte assistencial necessário aos pacientes graves. “A medida permite, ainda, desafogar as portas de entrada das UPAs Rio Branco e Boqueirão, tendo em vista que as salas vermelhas e amarelas dessas unidades estão superlotadas, apresentando tendência de elevação na procura por atendimento”.

Na quarta-feira, 125 pacientes graves estavam internados em UTIs Covid, sete deles em leitos extras, uma taxa de ocupação de 105,93%. Outros 50 pacientes aguardavam por leitos de UTI na cidade e 49 pessoas esperavam por leito de enfermaria, onde a taxa de ocupação é de 96,07%. De acordo com último levantamento, o município registrou 707 novos casos de contaminação em 24 horas. No dia anterior, foram 769 novos positivados e sete óbitos confirmados. No total, desde o início da pandemia, 712 canoenses perderam a vida em decorrência de complicações da Covid-19.

Nos últimos dois dias, houve um acréscimo de 10 leitos, em razão da ativação do Plano de Contingência do Hospital de Pronto Socorro (HPSC), o que totaliza 118 leitos de UTI Covid em operação na cidade. Foram liberadas, ainda, 57 vagas de enfermaria nas últimas 48 horas, em decorrência da abertura de leitos clínicos no Hospital Nossa Senhora das Graças e da ativação do Plano de Contingência do HPSC e do Hospital Universitário, o que elevou a capacidade para 229 leitos nas três instituições.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895