Hospital atinge 100% de ocupação em leitos de UTI para pacientes com Covid-19 em Sapucaia do Sul

Hospital atinge 100% de ocupação em leitos de UTI para pacientes com Covid-19 em Sapucaia do Sul

Medicamentos para tratamento estão em falta no mercado, disse diretor Gilberto Barichello

Fernanda Bassôa

No final de semana, a “Unidade Covid” encontrava-se com oito dos seus nove leitos ocupados

publicidade

As Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) do Hospital Getúlio Vargas, em Sapucaia do Sul, destinadas a tratamentos para infectados pela Covid-19 e para não infectados (UTI tradicional) chegaram a 100% da capacidade de internação, nesta segunda-feira. A assessoria da casa de saúde informou que a unidade de internação (que atende desde a maternidade até demais doenças não respiratórias) tem variado, com média de lotação de 85 a 90%. 

No final de semana, a “Unidade Covid” encontrava-se com oito dos seus nove leitos ocupados, já sinalizando a superlotação para o início desta semana. O número crescente de infectados e o avanço da doença na região tem preocupado a direção do hospital. 

O diretor geral da Fundação Hospitalar Getúlio, Gilberto Barichello, disse que o momento é preocupante, visto que não há estrutura suficiente para aumentar a acomodação de novos leitos. “Temos 10 leitos de UTI normais e 7 leitos para Covid. Todos estão lotados. Temos trabalhado para deixar a regulação do Estado sempre informada e atualizada sobre a chegada de novos pacientes aqui, pois estes são devidamente remanejados para hospitais que ainda tenham capacidade de atendimento", disse Barichello.

Segundo Barichello, os medicamentos necessários para tratamento do novo coronavírus, sedativos, neuromusculares e anestésicos, estão em falta no mercado. Além disso, gestores de hospitais público e privados têm se deparado com pouca quantidade dos produtos e preços bem diferentes do que os comercializados anteriormente à época de pandemia. "Profissionais da saúde e gestores da área vivem uma tensão diária diante deste cenário", disse o diretor. 

Sobre o quadro da pandemia no município e a superlotação dos leitos de UTI, a Prefeitura de Sapucaia do Sul informou que as informações são prestadas pelo Hospital e não se manifestou sobre o assunto. Atualmente Sapucaia contabiliza 13 óbitos causados pela Covid-19, além de 400 casos confirmados e 79 sob investigação, aguardando resultado.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895