Hospital de Igrejinha cria sistema de visitas virtuais para pacientes de UTIs

Hospital de Igrejinha cria sistema de visitas virtuais para pacientes de UTIs

Com uso de tablet, momento entre paciente e família é mediado por uma psicóloga

Stephany Sander

Com uso de tablet, momento entre paciente e família é mediado por uma psicóloga

publicidade

Diante da impossibilidade de visitas aos pacientes da UTIs e da internação Covid, o Hospital Bom Pastor de Igrejinha, criou um sistema de visitas virtuais. Com a utilização de um tablet, uma psicóloga realiza uma vídeo chamada agendada.

Antes de colocar a família em contato com o paciente, a profissional orienta a família para que procure um espaço aconchegante em sua casa para sentar e ter água a sua disposição se necessário, além de uma boa conexão de internet. Podem ser incluídos até oito participantes nas conversas. Tanto para o paciente que está lúcido, como para o sedado as famílias são orientadas a transmitir palavras e frases de otimismo e motivação. As famílias são informadas sobre o que irão ver, como sonda para auxiliar na alimentação, respiração com auxílio de ventilador mecânico ou máscara, para que estejam preparadas, evitando qualquer tipo de choque para pessoas mais sensíveis. 

Antes de realizar o contato com a família, a psicóloga ainda prepara o paciente orientando sobre visita virtual, por conta de toda a emoção que o momento gera. Após a visita virtual a psicóloga ainda realiza um acolhimento e manejo dos sentimentos emergidos, solicitando que cada familiar fale uma palavra ou uma frase do que está sentindo no momento e agradece a visita. O mesmo processo é realizado com o paciente.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895