Hospital de Parobé abre mais dez leitos de UTIs para enfrentamento da pandemia

Hospital de Parobé abre mais dez leitos de UTIs para enfrentamento da pandemia

A ampliação também foi feita nos hospitais dos municípios de Estância Velha e Taquara

Stephany Sander

Novos leitos estão situados na sala de cirurgia do hospital

publicidade

Foram abertos na manhã desta sexta-feira, 10 novos leitos de UTI no Hospital São Francisco de Assis (HSFA) de Parobé. Em um momento breve que teve a presença da direção da casa de saúde, além do prefeito de Parobé Diego Picucha e da Secretária de Saúde Ana Elisa Lima, foi apresentada a nova estrutura, instalada nas três salas cirúrgicas concluídas recentemente. Os 10 leitos foram equipados com respiradores, camas e monitores enviados pela Secretaria Estadual de Saúde e somam-se aos 22 leitos já em funcionamento. Os demais equipamentos foram adquiridos pelo hospital. Ainda pela manhã a nova estrutura já começou a receber pacientes.

Ainda no Vale do Sinos, o município de Estância Velha instalou cinco novos leitos na Ala Covid do Hospital Municipal Getúlio Vargas. Com a ampliação,a cidade passa a contar com 16 leitos destinados exclusivamente para atender pacientes que necessitam de internação clínica em decorrência de complicações relativas à doença. Esses novos leitos representam um aumento de 45,56% da capacidade de internações na Ala Covid. Os novos leitos surgem em um momento importante, quando a cidade atinge a ocupação máxima de internações na Ala Covid.

Na quinta-feira, os 11 leitos existentes estavam ocupados por pacientes infectados pelo coronavírus ou com sintomas da doença. “Analisando o cenário e o aumento do número de casos e internações na região, agimos antecipadamente para ampliar a capacidade da Ala Covid para não sermos surpreendidos”, pontuou a diretora do Hospital, Juliana Feltes.

Veja Também

Taquara amplia estrutura hospitalar

O Hospital Bom Jesus de Taquara habilitará até a próxima segunda-feira, mais seis leitos de UTI para internação Covid-19. Na última quarta-feira, os dez leitos de terapia intensiva normais já haviam sido transformados em unidades exclusivas para pacientes com a doença. Com isso, o incremento é de 160% neste tipo de serviço na casa de saúde taquarense em menos de uma semana.

O anúncio ocorreu na tarde da quinta, em uma live com a presença da prefeita Sirlei Silveira, e do diretor da Associação Hospitalar Vila Nova (AHVN), Dirceu Dal'Molin, entidade gestora do HBJ. “Os leitos já estão sendo montados e aguardamos, até a segunda-feira, o envio de monitores e respiradores pelo Estado”, comentou Dal'Molin. Além disso, três novos respiradores para utilização na emergência já foram recebidos na casa de saúde.

O hospital ainda conta com 14 leitos novos da enfermaria e mais seis de retaguarda que foram habilitados para serem clínicos para Covid. “Só será feita cirurgia de urgência, inclusive as oncológicas. O hospital está bem estruturado para receber estes pacientes, especialmente com aparelhagem e equipe técnica”, garantiu  Dal'Molin.

A prefeita Sirlei Silveira destacou que este aporte dá maior tranquilidade de que os pacientes que necessitam de atendimento na terapia intensiva terão leito disponível, mas pede a colaboração de todos neste momento. “Não adianta aumentarmos o número de leitos e as pessoas seguirem se aglomerando e se contaminando. Precisamos que todos façam a sua parte. Estamos fiscalizando e cobrando quem descumpre as medidas sanitárias, mas esta luta é de todos”, reforçando a necessidade de a população fazer a sua parte com os cuidados para evitar aglomerações e contaminação.

Esse incremento de leitos amplia a capacidade de oferta de serviços de UTI para Taquara e região. “O momento é de alerta máximo no sistema hospitalar de saúde e para isso todos precisam fazer sua parte para vencermos esse inimigo invisível e perigoso”, reforçou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895