Implantação de central de monitoramento de prédios públicos entra em fase final em São Leopoldo

Implantação de central de monitoramento de prédios públicos entra em fase final em São Leopoldo

Sistema será interligado ao de 50 câmeras que já estão em operação na cidade

Por
Correio do Povo

Sistema irá auxiliar no monitoramento de prédios públicos


publicidade

Está em fase final de implantação a Central de Monitoramento de Alarmes em prédios públicos da cidade de São Leopoldo, no Vale do Sinos. O sistema será interligado ao de 50 câmeras de monitoramento que já atuam na cidade e cujas imagens são fiscalizadas na Central de Operações 24 horas da Guarda Civil Municipal, o que garantirá mais rapidez no tempo de atendimento.

“O sistema já existia em 60 prédios públicos, mas era uma empresa terceirizada de segurança que operava. Agora, nós iremos fazer esse controle, com o despacho imediato de viaturas quando necessário”, explica o diretor de Planejamento Estratégico da Secretaria de Segurança, José Carlos Pedrozo. 

Até setembro, o sistema já estará ativo nos colégios, que têm sido alvos frequentes de arrombamentos. “Em algumas escolas, era necessário manter um agente durante a noite. Agora, o trabalho será otimizado com mais agentes nas ruas e prontos para atender as ocorrências se o alarme for disparado”, diz o diretor. 


Os investimentos desta primeira etapa são de R$ 150 mil e está em processo de licitação a instalação de alarmes também nas unidades de saúde. Mais de 40 prédios, entre unidades básicas, UPAS e Centros de Saúde, terão o sistema de segurança e um botão de pânico para os casos de assaltos. “Acreditamos que dentro de dois meses esses equipamentos estejam instalados, garantindo a segurança da população.”