Instituição de Longa Permanência registra surto de Covid-19 em Pelotas

Instituição de Longa Permanência registra surto de Covid-19 em Pelotas

Todos os idosos que residem no local foram contaminados

Angélica Silveira

publicidade

Um surto de Covid-19 em uma instituição de longa permanência em Pelotas resultou em 28 idosos e cinco funcionários infectados. Foram registrados seis óbitos de idosos internados em hospitais, entre 30 de junho e 9 de julho. Nenhum faleceu na instituição.

A investigação por parte da Vigilância Epidemiológica começou no dia 30 de junho, a partir da primeira notificação da primeira morte, com os exames RT-PCR coletados no último dia 6. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os pacientes que necessitaram de atendimento foram hospitalizados e os outros seguiram sendo monitorados no local. Atualmente, uma idosa está internada, com quadro estável.

A casa é monitorada pelas Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, conforme protocolos da Anvisa. A instituição foi notificada e orientada pelo município das medidas de controle e isolamento. Todos os idosos haviam sido vacinados com as duas doses contra a Covid-19, em janeiro e fevereiro deste ano, além do imunizante contra a Influenza.

A proprietária da instituição conta que chamou a Vigilância no dia 28 de junho para fazer a coleta de todos e se surpreendeu com o número de contaminados. “Estamos fazendo a sanitização da casa a cada 15 dias e esta é uma situação totalmente atípica. Os protocolos sempre foram seguidos e as regras, inclusive de distanciamento e visitação, respeitada desde o início da pandemia. É o primeiro surto que tivemos que enfrentar”.

A casa é voltada para pacientes acamados e hoje tem 16 funcionários e 28 idosos.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895