Lacen descarta novo coronavírus como causa da morte de moradora de São Leopoldo
capa

Lacen descarta novo coronavírus como causa da morte de moradora de São Leopoldo

Exames em mulher de 61 anos deram negativo para Covid-19

Por
Correio do Povo

Processo administrativo foi aberto pela Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo


publicidade

O Laboratório Central do Estado do Rio Grande do Sul (Lacen) descartou nesta segunda-feira a contaminação pelo novo coronavírus como a causa da morte de uma mulher de 61 anos, moradora de São Leopoldo, no último sábado, no Hospital Geral de Novo Hamburgo. Ela havia sido atendida na Unidade de Pronto-Atendimento Scharlau, no dia 20 de março, com problemas respiratórios e transferida conforme a regulação do governo do Estado, após agravamento do caso.

A Prefeitura de São Leopoldo informa que os casos suspeitos de contaminação de coronavírus que apresentem necessidade de hospitalização são regulados pelo governo do Estado e de sua responsabilidade. No caso de São Leopoldo, os pacientes serão encaminhados para o Hospital Municipal de Novo Hamburgo, cumprindo rigorosamente o que determina o protocolo da Regulação do Estado.


Até as 10h30min desta segunda-feira, o RS tinha 85 casos confirmados de Covid-19, conforme a Secretaria de Saúde. Segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde no domingo, o Brasil possui 1.546 pessoas doentes e 25 mortes.