Levantamento classifica Sapucaia do Sul com risco médio para transmissão da dengue
capa

Levantamento classifica Sapucaia do Sul com risco médio para transmissão da dengue

Segue alerta para que a população elimine possíveis criadouros do mosquito

Por
Fernanda Bassôa

Ao todo, 1373 imóveis da cidade foram alvos de vistoria

publicidade

O Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti – LIRAa realizado na cidade de Sapucaia do Sul, no período de 4 a 8 de novembro, apontou 32 focos do mosquito e com este resultado o Município foi classificado em médio risco para a transmissão da dengue. Os bairros que apresentaram maior número de focos são Piratini, Fortuna, Vargas, Santa Luzia, Boa Vista e Walderes. Em sua maioria, de acordo com a Prefeitura, os criadouros com focos foram encontrados em pequenos recipientes. Ao todo, 1373 imóveis da cidade foram alvos de vistoria.

Agentes de combate a endemias e agentes comunitários de saúde deverão intensificar as visitas e ações de educação ambiental especialmente nestas regiões da cidade. Denúncias de possíveis focos ou criadouros de mosquito podem ser feitas na Vigilância em Saúde, pelos telefones 34510624 e 34526119. As demandas apresentadas pela população são investigadas pela Vigilância em Saúde.