Mais de 50 municípios do Norte do Estado não apresentaram casos de Covid-19
capa

Mais de 50 municípios do Norte do Estado não apresentaram casos de Covid-19

Cada coordenadoria abrange 26 municípios

Por
Agostinho Piovesan

publicidade

Nos 52 municípios da 19ª e 15ª Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS), com sede em Frederico Westphalen e Palmeira das Missões, respectivamente, até agora não foram confirmados casos de coronavírus. Cada coordenadoria do Norte do Estado abrange 26 municípios.

Segundo a coordenadoria da 19ª CRS, Marly Vendruscolo, na região ocorre um trabalho intenso de orientação da população e que, aliado às medidas de isolamento tomadas pelo Governo do Estado, gera o resultado positivo. “Esperamos que não sejam registrados casos na região, embora muitos são suspeitos e aguardam o resultado do material enviado ao Lacen”, observa.

Marly salienta que centenas de pessoas estão em isolamento domiciliar e centenas de casos já foram descartados. A coordenadora lembra que há quase um mês a 19ª CRS iniciou um trabalho forte de orientação e conscientização da população, além de reforçar a estrutura de atendimento do órgão que atende municípios das microrregiões do Médio Uruguai e Celeiro. “Um fato que nos preocupa é o vai e vem e pessoas da região de Tenente Portela e que trabalham numa empresa no Oeste de Santa Catarina, mas estamos acompanhando de perto essa situação".

A coordenadora da 15ª CRS de Palmeira das Missões, Mariângela Salaberry, comenta que a região é formada por pequenos municípios, com população entre 3 mil e 38 mil habitantes e isso facilita o distanciamento das pessoas. “Além disso, evidentemente, ocorre o trabalho forte de orientação para que as pessoas fiquem em casa, especialmente os mais vulneráveis ao vírus”, disse.


Mariângela afirma que a situação de não haver nenhum caso confirmado nos 26 municípios da 15ª CRS conforta, mas que em muitos casos ainda não foi divulgado o resultado do material enviado ao Lacen. “Até chegar as EPIs, os respiradores e que possamos garantir uma boa estrutura de atendimento, caso haja necessidade, é importante que as pessoas sigam as orientações dadas em cada município, se protejam e evitem aglomeração, permanecendo em casa sempre que possível”, afirma.