Mais duas lojas francas são autorizadas a funcionar no RS
capa

Mais duas lojas francas são autorizadas a funcionar no RS

Free shops vão operar em Barra do Quaraí e Uruguaiana. Ao todo, quatro estão liberados na fronteira no Estado

Por
Fred Marcovici

Estabelecimento em Barra do Quaraí deve abrir em julho

publicidade

Mais duas lojas francas foram autorizadas pela União para iniciarem o funcionamento em cidades de fronteira no Rio Grande do Sul, uma em Barra do Quaraí, tríplice fronteira com o Uruguai e a Argentina, e outra em Uruguaiana, vizinha à Argentina. Um outro free shop já havia recebido a permissão em Uruguaiana no início do mês, juntamente com um estabelecimento de Jaguarão, na fronteira com o Uruguai. As quatro empresas, as primeiras no Estado, tiveram a liberação publicada no Diário Oficial da União para operarem no regime aduaneiro especial de loja franca em fronteira terrestre.

Segundo o despachante aduaneiro Elton Blini, a loja de Barra do Quaraí levou apenas 45 dias para ter a documentação aprovada pela Receita Federal do Brasil e a publicação no DOU, desta quarta-feira. O estabelecimento deve entrar em funcionamento na segunda quinzena de julho. Instalado na rua Salustiano Marty, a principal da cidade, o Empório Dutty Free vai gerar 12 empregos diretos e 20 indiretos. Serão comercializados produtos nacionais e importados, a maior parte já em fase de aquisição com fornecedores brasileiros e estrangeiros.

O prefeito Iad Choli destaca a posição geográfica diferenciada de Barra do Quaraí, pois o turista consumidor poderá comprar tanto do lado brasileiro como atravessar a ponte e encontrar outras opções em lojas francas de Bella Unión, no Uruguai. Ele salienta que a geração de emprego e renda gera expectativa positiva e possibilita a oxigenação do comércio convencional por meio da nova matriz ofertada às populações dos três países fronteiriços. 

Já Uruguaiana, a empresa New York Comércio & Exportação vai funcionar na rua Domingos de Almeida, no centro da cidade, e aguarda apenas as mercadorias para poder abrir as portas. A outra loja de Uruguaiana, a Central Free Shop, e a de Jaguarão, a Caraballat, também devem iniciar em breve o atendimento ao público.

No Rio Grande do Sul, mais oito municípios estão aptos a receber free shops: Quaraí, Aceguá, Chuí, Itaqui, Porto Xavier, Santana do Livramento, São Borja e Porto Mauá. Segundo a normativa federal, o consumidor brasileiro poderá fazer compras de até 300 dólares a cada 30 dias em itens nacionais. Também há limite de quantidade para algumas mercadorias.