Mobilização pela BR 290 é adiada para o dia 17
capa

Mobilização pela BR 290 é adiada para o dia 17

Mudança pretende viabilizar maior tempo para os preparativos das lideranças e da população

Por
Otto Tesche

De acordo com dados da Abur, somente no trecho entre Pantano e Eldorado do Sul, há o registro de cerca de 50 mortes por ano


publicidade

A mobilização para agilizar a duplicação da BR–290, inicialmente prevista para esta sexta-feira de manhã em Pantano Grande, sofreu alteração e passou para o dia 17 de janeiro. Os organizadores, informaram que a mudança tem por objetivo viabilizar maior tempo para os preparativos das lideranças regionais e da população.

A intenção é que todos os usuários da rodovia ajudem na divulgação da importância da obra, que se encontra em ritmo bastante lento, não só para os municípios às margens, mas para todo o Estado e o Brasil, já que a via é um dos principais corredores de exportação do País. O objetivo dos organizadores é mostrar ao governo federal a necessidade de que as obras ocorram de forma mais rápida, bem como, que haja a destinação de mais recursos. A expectativa para 2020 é de que o governo federal destinará somente R$ 25 milhões, valor considerado muito abaixo do necessário levando em consideração toda a complexidade do trabalho.

As obras de duplicação da BR 290 em alguns lotes estão completamente paralisadas e em outros trechos os trabalhos nem começaram. Além da destinação de mais recursos, a mobilização cobrará a manutenção da rodovia, que se encontra em péssimo estado trazendo ainda mais perigo de acidentes.

Pantano Grande é um dos municípios mais afetados com o atraso das obras, pois a construção de um viaduto no acesso à cidade traz grandes dificuldades para os comerciantes às margens da rodovia, assim como gera maior insegurança a pedestres e motoristas que trafegam nos dois sentidos. De acordo com dados da Associação Brasileira dos Usuários de Ruas, Estradas e Rodovias (Abur), somente no trecho entre Pantano e Eldorado do Sul, há o registro de cerca de 50 mortes por ano.


Inicialmente, o ato será realizado próximo ao posto de controle da Polícia Rodoviária Federal. Local será confirmado nos próximos dias, assim como o horário da manifestação. O movimento é uma ação conjunta da Prefeitura de Pantano Grande e da Abur.