Montenegro terá estacionamento rotativo pago

Montenegro terá estacionamento rotativo pago

Serão 1.160 vagas numeradas e sequenciais, e o controle será feitos por fiscais

Por
Stephany Sander

Montenegro já contou com um sistema pago de estacionamento em 2013


publicidade

Depois de sete anos sem qualquer controle sobre as vagas para os veículos nas áreas de maior movimentação, a cidade de Montenegro voltará a contar com um sistema de estacionamento rotativo pago. Quem circula pela região central, já observa a demarcação dos espaços, assim como a pintura do meio-fio das calçadas. Serão 1.160 vagas numeradas e sequenciais. 

O controle será feitos por fiscais, um para cada 70 vagas, onde o condutor poderá permanecer por no máximo duas horas. Segundo a administração municipal, a cobrança ocorrerá de segunda a sexta-feira das 9h às 18h e, aos sábados, das 8h às 12h. Haverá uma tolerância inicial de 10 minutos e após este prazo, a cada 30 minutos, os motoristas desembolsarão R$ 1,00 para permanecer na vaga.

Veículos que não tiveram o ticket de estacionamento terão até 24 horas para regularizar a sua situação, pagando R$ 20 reais de taxa e mais o horário devido. Caso o veículo não seja regularizado, haverá cobrança de multa prevista no artigo 181 do Código de Trânsito, de R$ 195,23, mais a perda de 5 pontos na carteira de habilitação com risco de ter o veículo guinchado. Motos estarão isentas, desde que estacionadas em locais delimitados e isenções também estão previstas para idosos e deficientes físicos, desde que cadastrados junto a Diretoria de Trânsito.

A empresa contratada para realizar serviço é a Serbet Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil Ltda, que ainda implantará 17 parquímetros onde serão realizados os pagamentos, também acessíveis via aplicativo no celular. As ruas que terão a cobrança do estacionamento rotativo pago serão: Ramiro Barcelos, João Pessoa, Capitão Cruz, Santos Dumont, Osvaldo Aranha, Olavo Bilac, São João, e José Luiz. A previsão da Prefeitura Municipal é que o sistema de estacionamento rotativo passe a operar no dia 17 de fevereiro.


Montenegro já contou com um sistema pago de estacionamento, mas, em 2013 o mesmo foi extinguido, quando a Sociedade Beneficente Espiritualista abandonou a atividade. Uma das justificativas da entidade era que, sem penalizações, muitos motoristas ignoravam as autuações e a arrecadação tornou-se insuficiente para pagar os funcionários que operavam o sistema.