Município de Santiago já soma dez casos de chikungunya
capa

Município de Santiago já soma dez casos de chikungunya

Um trabalho de pulverização está sendo feito em três bairros para eliminar mosquitos

Por
Renato Oliveira

Um trabalho de pulverização está sendo feito em três bairros para eliminar mosquitos

publicidade

A cidade de Santiago, no Centro do Estado, tem dez casos confirmados de febre chikungunya, conforme a Secretaria Municipal de Saúde. O primeiro caso da doença no município com confirmado em maio.

Um trabalho de pulverização está sendo feito, principalmente nos bairros São Vicente, Itu e São Jorge, informou a titular da pasta, Gisele Kolinski. Os locais foram escolhidos por estarem relacionados com os casos de moradores que contraíram a doença. O produto, que não causa efeito em pessoas, extermina o mosquito Aedes aegypti adulto, responsável por transmitir a doença. Segundo a secretária, 25 casos suspeitos de chikungunya estão sob análise.

A orientação é para que as pessoas que apresentarem dores nas articulações, vermelhidão no corpo e febre procurem as unidades de saúde. Agentes de endemias estão visitando as residências para orientações e eliminação de objetos que possam acumular água.