Municípios do Norte do RS contabilizam prejuízos causados pelo temporal

Municípios do Norte do RS contabilizam prejuízos causados pelo temporal

Nesta quinta-feira, o tempo continua instável nas regiões Norte e Noroeste do Estado

Agostinho Piovesan

O temporal causou grandes prejuízos em pocilgas de suínos no interior de Pinhal

publicidade

O prefeito de Pinhal, no Norte do Estado, Edmilson Pelizari, disse na manhã desta quinta-feira que está sendo realizado um levantamento dos prejuízos causados pelo vendaval registrado no final da tarde desta quarta-feira. Ele adiantou que pelo menos cinco pocilgas onde são criados mil animais em cada unidade foram totalmente destruídas pelo vento.

“Os maiores estragos, no interior do município foram registrados nas localidades de Santo Antônio e Alto Paraíso, onde pocilgas foram atingidas e os suínos se espalharam pelas propriedades”, disse. Pelizari falou, ainda, que na cidade várias árvores foram derrubadas e algumas casas tiveram a cobertura danificada.

O município de Coronel Bicaco, na região Noroeste do Estado, também foi afetado pelo temporal. O vento destelhou parcialmente dezenas de residências. “Tivemos partes da cidade que foram bastante atingidas e a Defesa Civil distribuiu lonas para moradores afetados”, informou a Administração municipal. Ainda segundo a Administração, o bairro Engenho Velho foi um dos mais afetados e nesta quinta-feira será concluído o levantamento dos prejuízos.

Por outro lado, as chuvas que caíram nas regiões Noroeste e Norte do Estado nos últimos dias e que variaram de 100 a 170 milímetros em alguns municípios, melhoram o nível das águas de rios e fontes. A estiagem que durou dois meses reduziu o nível dos lençóis freáticos e provocou o desabastecimento de centenas de famílias que vivem no interior dos municípios. Nesta quinta-feira o tempo continua instável nas regiões Norte e Noroeste.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895