Noroeste do Rio Grande do Sul terá passeio de Maria Fumaça em setembro
capa

Noroeste do Rio Grande do Sul terá passeio de Maria Fumaça em setembro

Locomotiva com dez vagões terá quatro opções de roteiro

Por
Correio do Povo

Uma das paradas da locomotiva com dez vagões será na Estação Ferroviária de Catuípe

publicidade

O Noroeste do Rio Grande do Sul deve receber, em setembro, uma atração experimental que deve fortalecer o desenvolvimento do turismo regional. O Trem das Missões: um Reponte pelas Etnias é um projeto do Ministério Público Federal (MPF), da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e das prefeituras de Santo Ângelo, Catuípe e Ijuí.

Uma locomotiva com dez vagões, chamada de Maria Fumaça, terá quatro opções de roteiro: de Santo Ângelo a Catuípe, Catuípe a Ijuí, Ijuí a Catuípe e deste último a Santo Ângelo. O retorno ao município de origem será de ônibus. Cada parada terá estrutura com praça de alimentação e apresentações artísticas. O bilhete do passeio vai custar cerca de R$ 70 e poderá ser adquirido em pontos de venda ou via Internet. Os vagões, da ABPF, comportam 469 passageiros, mas passam por reforma a fim de ampliar a capacidade para 515 lugares.

O procurador Osmar Veronese, do MPF de Santo Ângelo, reforça que é uma ação experimental. Os passeios ocorrerão nos dias 20, 21, 22, 28 e 29 de setembro e podem se tornar permanentes, aos finais de semana, por exemplo. “O objetivo da ação é resgatar a memória e preservar o patrimônio. Além, é claro, de desenvolver uma atração turística para a região.”

Cada prefeitura é responsável por organizar atrações culturais, com Centros de Tradições Gaúchas e grupos que resgatem a cultura das etnias e indígena na região para apresentações dentro do trem e nas paradas. Uma das paradas será na Estação Ferroviária de Catuípe, que teve a estrutura restaurada com recursos de ação judicial. A rede ferroviária era concessão da América Latina Logística e, agora, está a cargo da Rumo, que, segundo o MPF, já concordou com o projeto.