Novo Hamburgo avalia decretar situação de emergência por causa da chuva
capa

Novo Hamburgo avalia decretar situação de emergência por causa da chuva

Força da água chegou a danificar o asfalto de ruas e causou estragos em 80 carros na cidade

Por
Stephany Sander

Força da água foi tão grande que danificou o asfalto no bairro Primavera

publicidade

“A chuva atingiu a cidade de maneira generalizada. Oitenta carros foram rebocados por estragos, alguns ficaram totalmente submersos". Foi desta forma que o coordenador da Defesa Civil Municipal, Claudiomiro da Fonseca, descreveu a forte chuva que atingiu Novo Hamburgo entre a noite de sexta-feira e manhã deste sábado. Segundo a Metsul Meteorologia, choveu aproximadamente 113 mm no município até as 9h deste sábado. As redes de esgoto da cidade não deram conta do volume de água e transbordaram. De acordo com Fonseca, é avaliada a possibilidade de decreto de emergência em Novo Hamburgo.  

Na Rua Epitácio Pessoa, no bairro Primavera, a força da água foi tão grande que danificou o asfalto, que acabou sendo sinalizado com uma viu pelos moradores da região. Durante toda a madrugada, a Defesa Civil atendeu chamados de famílias que tiveram suas residências invadidas pela água e cinco famílias foram desalojadas. No bairro Industrial, um dos mais afetados, a enxurrada derrubou o muro de uma residência. 

 

Segundo a prefeita  prefeita Fátima Daudt, o executivo municipal montou um centro de operações na Fenac para coordenar ações e receber doações. “Tivemos um período muito difícil ontem à noite. Chuvas de 100mm em pouco mais de duas horas”, destacou. De acordo com ela, equipes da Defesa Civil continuam nas ruas do município avaliando a situação.  

Doações

A Prefeitura de Novo Hamburgo receberá doações na Fenac (Rua Araxá 505 - Bairro Ideal). Estão sendo recebidos itens de limpeza, como vassoura, alvejante, álcool, rodo, saco de lixo e balde.