Novo Hamburgo lança painel com informações dos casos de Covid-19 no município

Novo Hamburgo lança painel com informações dos casos de Covid-19 no município

A ferramenta funciona como uma central de informações, podendo ser acessado pela população

Stephany Sander

A central de informações só foi possível, pois toda a rede de saúde pública já é informatizada

publicidade

A prefeitura de Novo Hamburgo lançou, nessa segunda-feira, um painel com informações sobre os atendimentos médicos na rede pública de saúde, de casos de Covid-19. "Temos muita informação e não vamos fugir desses dados. Vamos utilizá-los como ferramenta de planejamento de ações," afirmou a prefeita Fátima Daudt, que ao lado do secretário de Saúde, Naasom Luciano, e o do diretor da Fundação de Saúde Pública, Ráfaga Fontoura, que administra o Hospital Municipal, mostrou a nova ferramenta.

O dashboard, que funciona como uma central de informações, podendo ser acessado pela população através do link covid.novohamburgo.rs.gov.br, concentra informações em três pilares: a rede de atenção básica, onde são contabilizados todos os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde, sendo que cada uma delas possui uma sala específica para atendimento de casos suspeitos da doença; o Hospital Municipal; e o Centro de Monitoramento de Covid-19, em atuação desde março.

A central de informações só foi possível, pois toda a rede de saúde pública já é informatizada, segundo a responsável pelo desenvolvimento do dashboard, Tatiane Soares de Souza, diretora de governo eletrônico. "É uma ferramenta inovadora em termos de velocidade de informação, pois os números têm uma atualização a cada 30 min, no máximo 1h", explica, afirmando que todos os dados, desde o dia 25 de março, quando teve início o Plano de Contingência Contra o Coronavírus na cidade, estão compilados.

Detalhamentos como o sexo dos pacientes atendidos em cada local, bem como o andamento dos atendimentos, como casos destinados para o isolamento, também compõe o dashboard, que deve auxiliar na tomada de decisões, conforme Ráfaga Fontoura. "Através dele, estamos visualizando uma possível estabilização dos atendimentos em agosto, após o crescimento da procura por pacientes com sintomas em junho e julho e em função disso, estamos colocando em prática mais uma etapa do nosso Plano de Contingência", afirma ele, detalhando que a partir da próxima semana, a UPA Centro contará com 30 novos leitos específicos para Covid-19, sendo quatro deles, leitos de estabilização. "É uma medida de segurança, um serviço de apoio para estes casos específicos, mas é importante a população continuar fazendo o seu papel, respeitando o isolamento e o distanciamento social", reforçou o secretário de Saúde, Naasom.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895