Novo Hamburgo realiza drive-thru da segunda dose a partir desta quinta

Novo Hamburgo realiza drive-thru da segunda dose a partir desta quinta

Quem tomou a primeira dose de AstraZeneca poderá fazer a segunda com o imunizante da Pfizer

Stephany Sander

Município já atingiu o equivalente a 100% da população adulta com ao menos uma dose de vacina

publicidade

Com a autorização do governo do Estado de aplicar a segunda dose com Pfizer para quem tomou a primeira com AstraZeneca, a Secretaria de Saúde de Novo Hamburgo realizará drive-thrus de quinta-feira a sábado, nos pavilhões da Fenac e no pátio da prefeitura. Deverão completar o esquema vacinal as pessoas que receberam a primeira dose no município até o dia 7 de agosto ou antes. Nesta quinta-feira, a ação ocorre das 13h às 19h. Na sexta-feira, o drive funciona das 9h às 16h, e no sábado, a atividade é das 9h às 15h, na prefeitura, localizada na rua Guia Lopes. Não serão vacinadas pessoas a pé. É necessário apresentar a documentação: comprovante da primeira dose e documento com foto. Quem for se vacinar também poderá doar agasalhos e alimentos não perecíveis.

Novo Hamburgo já atingiu o equivalente a 100% da população adulta com ao menos uma dose de vacina contra a Covid-19. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, até a tarde da última segunda-feira, o município já havia aplicado 318.761 doses de vacinas, das quais 186.755 eram de primeira dose ou dose única. Já a população adulta, acima de 18 anos, é estimada em 181.519 pessoas em 2021, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A população total de Novo Hamburgo é estimada em 247.303 habitantes.

Para o secretário municipal de Saúde, Naasom Luciano, atingir o equivalente a 100% da população adulta com ao menos uma dose da vacina é resultado de muita dedicação e compromisso. “Nossos profissionais estão trabalhando incansavelmente, incluindo a noite e em fins de semana”, enfatiza.

Naasom pede que a população continue aderindo à imunização. “Temos um problema pontual com falta de segunda dose da AstraZeneca, que esperamos seja solucionado pelo Ministério da Saúde em breve. Mas isso não impede as pessoas de seguirem se vacinando com os demais imunizantes, tanto primeira quanto a segunda dose e também as doses de reforço”, completa.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895