Ocupação de leitos de UTI na rede pública de Caxias do Sul chega a 95%

Ocupação de leitos de UTI na rede pública de Caxias do Sul chega a 95%

Secretaria de Saúde tenta ampliar a estrutura recorrendo a rede privada

Celso Sgorla

publicidade

O município de Caxias do Sul atingiu nesta terça-feira 95% de ocupação dos leitos UTI pelo SUS. A informação foi divulgada pelo prefeito municipal Adiló Didomenico.

Conforme o prefeito, o município conta com apenas quatro leitos de UTI disponíveis nos hospitais da cidade. Ele adiantou que a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está buscando junto a rede privada a abertura de novos leitos.

A prefeitura também vai retomar a sanitização de espaços públicos. Além disso, a fiscalização será intensificada também durante a semana.

A Secretaria da Saúde também está orientando para que os pacientes que suspeitam ter contraído Covid-19 e que apresentam sintomas respiratórios leves devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para o primeiro atendimento. Só devem procurar as tendas instaladas junto às UPAs Central e Zona Norte aqueles que tiverem os sintomas agravados ou que, por algum motivo, não tenham conseguido atendimento em UBS.

Conforme a secretaria esses procedimentos são necessários para dinamizar e agilizar os atendimentos, para que os doentes permaneçam menos tempo na espera. Segundo a SMS, cerca de 80% das pessoas que têm buscado atendimento nas tendas apresentam sintomas leves, logo, poderiam ser atendidas em UBSs, desafogando as filas nas tendas.

A orientação é que pessoas com sintomas leves devem ir à UBS de referência. O paciente será atendido e, se necessário, será encaminhado para realizar o teste de Covid-19. O doente já sai da UBS com o exame RT-PCR agendado.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895