Paciente recebe alta hospitalar duas semanas após receber transfusão de plasma convalescente
capa

Paciente recebe alta hospitalar duas semanas após receber transfusão de plasma convalescente

Carlos da Silva Borges, 40 anos, natural de Caxias do Su, havia deixado a UTI na semana passada

Por
Celso Sgorla

Carlos Borges da Silva deixou a UTI do Hospital Virvi Ramos no dia 15 de junho e nesta segunda recebeu alta hospitalar


publicidade

Exatamente duas semanas após receber a transfusão de plasma convalescente no tratamento contra a Covid-19, o paciente Carlos da Silva Borges, 40 anos, natural de Caxias do Sul, que não está mais com a doença ativa, recebeu alta hospitalar e foi para casa.

Ele passou pelo procedimento no dia 15 de junho, mesmo dia em que chegou ao Hospital Virvi Ramos, transferido do Hospital Geral. Quarto dos sete pacientes a receber transfusão de plasma até agora, ele foi o primeiro e único até o momento que não precisou ser intubado e contar com auxílio de ventilação mecânica para respirar. É o primeiro também a ter alta hospitalar, dentre os sete que passaram pela transfusão de plasma.


Borges havia deixado a UTI uma semana atrás, transferido para o quarto, no hospital de campanha, que funciona dentro do Virvi Ramos. E nesta segunda-feira,29, uma semana depois, após terminar o ciclo de alguns medicamentos que ele estava fazendo uso e conseguir ficar totalmente sem necessidade de oxigênio, recebeu a alta hospitalar e foi para casa. Ao deixar a instituição, ele carregava um cartaz escrito "Eu venci a Covid-19", onde foi aplaudido por todos da equipe que estavam nos corredores.