Palmeira das Missões publica edital sobre a construção do Hospital Público Regional

Palmeira das Missões publica edital sobre a construção do Hospital Público Regional

Empresa que executará as obras da casa de saúde será conhecida em 45 dias

Agostinho Piovesan

Solenidade de lançamento do Edital na Prefeitura de Palmeira das Missões

publicidade

O edital de Licitação sobre a escolha da empresa que vai construir o Hospital Público Regional (HPR) de Palmeira das Missões foi publicado nesta segunda-feira na página 110 do Diário Oficial do Estado. O Edital número 126/2016 visa definir a empresa que irá construir a nova casa de saúde numa área de 32,2 mil metros quadrados, no km 01 da BR 468. Num prazo de 45 dias deverá ser conhecida a empresa que executará as obras.

• Divina Providência de Frederico Westphalen terá primeiro ambulatório de cirurgia geral

Segundo o prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Freire, foram concluídas as readequações do projeto, o que garante a realização do processo licitatório. “O primeiro edital foi lançado em 2016, mas o Tribunal de Contas do Estado (TCE) fez apontamentos e diante da necessidade de readequações, o processo foi suspenso”, observa.

Freire disse que a partir da publicação do edital corre um prazo de 45 dias para as empresas se habilitarem e que seja conhecida a vencedora. “Foi realizado um intenso trabalho, nos últimos meses na finalização do projeto, ação que contou com a colaboração de diversas instituições, entre as quais, o Tribunal de Contas do Estado e uma equipe da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Ele lembra que a mobilização para a construção de um hospital regional, com 220 leitos e atendimento 100% SUS iniciou ainda em 2008.

• Hospital suspenderá cirurgias eletivas pelo SUS em Santa Cruz do Sul

O prefeito destaca ainda que são dez anos de caminhada que tem por objetivo garantir para uma região de 70 municípios – 500 mil habitantes – um hospital de alta complexidade com atendimento nas áreas de ortopedia, neurologia, obstetrícia, oncologia, cardiologia, hemodiálise, urologia e fisioterapia.

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895