Parobé começa a vacinar contra a Covid-19 jovens de 18 anos sem comorbidades

Parobé começa a vacinar contra a Covid-19 jovens de 18 anos sem comorbidades

Imunização também abrange a segunda dose para pessoas que receberam a primeira dose da AstraZeneca até o dia 10 de junho

Stephany Sander

Os pais de Carolina, Luciano e Lisiane Kulmenau, eram comerciantes conhecidos na cidade e faleceram em decorrência de complicações da Covid-19

publicidade

Parobé é a primeira cidade da região, que contempla o Vale do Paranhana e o Vale do Sinos, e uma das primeiras do Rio Grande do Sul a atingir a faixa etária de pessoas com 18 anos ou mais sem comorbidades na campanha de vacinação contra a Covid-19. A nova faixa etária começou a ser imunizada nesta quarta-feira, das 8h às 19h, na UBS Integração.

Segundo o prefeito Diego Picucha, é uma satisfação poder imunizar os jovens da cidade. “Assim, vamos superando esta pandemia e poderemos, seguindo com os devidos cuidados com a saúde, retomar progressivamente nossas rotinas com mais normalidade e segurança”, afirmou.

Carolina Kulmenau completa 18 anos nesta quarta e fez questão de se imunizar. Ela perdeu o pai e a mãe para a doença há três meses. "É um misto de tristeza e alegria por ter perdido eles, que poderiam ter se imunizado. Mas quero que meu exemplo incentive outros jovens", afirmou ela emocionada. Os pais de Carolina, Luciano e Lisiane Kulmenau, eram comerciantes conhecidos na cidade e faleceram aos 40 anos, em decorrência de complicações da Covid-19.

A vacinação de hoje também abrange a segunda dose para pessoas que receberam a primeira dose da AstraZeneca até o dia 10 de junho. É necessária a apresentação do Cartão SUS para a vacinação. Caso a pessoa não possua o cartão ou o mesmo esteja irregular, o usuário é encaminhado para regularização.

Já Novo Hamburgo vacina pessoas com 21 anos ou mais e profissionais da indústria com 19 anos ou mais que trabalhem na cidade. Em São Leopoldo a vacinação contra Covid-19 foi ampliada para a faixa etária de 24 anos.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895