Pelotas sedia evento sobre habitação popular

Pelotas sedia evento sobre habitação popular

Programação tem entrada franca e ocorre na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFPel nesta terça-feira

Por
Correio do Povo

publicidade

A lei da Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (ATHIS), que completa dez anos em 2018, será tema de debate nesta terça-feira, em Pelotas. O município receberá a segunda edição do Saergs Na Estrada neste ano, promovido pelo Sindicato de Arquitetos no Estado do Rio Grande do Sul (Saergs). O evento, patrocinado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CAU/RS), tem entrada franca e ocorrerá na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pelotas (FAU/UFPEL), às 18h. O objetivo, conforme a presidente do Saergs, Maria Teresa Peres de Souza, é reunir arquitetos e urbanistas e a sociedade para debater a formação das cidades do futuro, com conceitos mais democráticos e inclusivos. “Pelotas, assim como outras cidades do Rio Grande do Sul, precisa debater e pensar a Arquitetura e Urbanismo como uma ferramenta de redução da pobreza e das diferenças sociais, e nós, os profissionais dessa área, precisamos atuar como agentes de qualidade de vida e de saúde pública”, ressaltou.

Um dos assuntos da programção será “ATHIS – Oportunidades e Desafios”. A arquiteta e urbanista Karla Moroso, integrante do escritório AH! Arquitetura Humana, destaca que promover justiça nas cidades é um dever dos profissionais, previsto no Código de Ética do CAU/BR. “O direito à moradia tem que ser construído com políticas públicas”, afirma. Segundo Karla, as universidades têm papel importante na formação de arquitetos e urbanistas para trabalhar com habitação social. “Os cursos formam o profissional só para um campo de trabalho: o da construção civil”, diz.

Segundo a presidente do Saergs, fugir desse estereótipo de mercado que imprime uma imagem elitizada à Arquitetura e Urbanismo é um processo constante e necessário para a sociedade gaúcha e brasileira. “Prestar assistência técnica às famílias de baixa renda é mais do que um trabalho, é consciência política”, afirma. Durante o Saergs Na Estrada, em Pelotas, evento que terá perfil de debate acadêmico, técnico e político, na atuação profissional, também serão apresentadas as questões que perpassam o novo movimento sindical, em seu reposicionamento como organização e importância para a categoria profissional.