Ponte Internacional de Porto Xavier deve ter licitação publicada em 1º de dezembro

Ponte Internacional de Porto Xavier deve ter licitação publicada em 1º de dezembro

Comitiva formada por prefeitos e lideranças das Missões esteve em Brasília nesta semana para tratar da obra com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas

Felipe Dorneles

Comitiva esteve em Brasília nesta semana para tratar da Ponte Internacional de Porto Xavier

publicidade

Uma comitiva formada por prefeitos e lideranças das Missões esteve em Brasília, nesta semana, reivindicando pleitos para os municípios da região. Segundo o prefeito de São Nicolau e presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), Ricardo Klein, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, confirmou o processo licitatório da Ponte Internacional de Porto Xavier/San Javier. A demanda deve ser publicada no Diário Oficial da União no dia 1º de dezembro.

Klein explica que a notícia anima a região, que tem este pleito há décadas."A ponte internacional fará uma ligação histórica e econômica entre Brasil e Argentina. Saímos de Brasília animados e com a certeza de que no ano que vem já teremos as obras da ponte em andamento. Será um grande marco de uma região antes e depois da ponte", destaca. 

O presidente da AMM diz ainda que o ministro se comprometeu com os R$ 20 milhões previstos em orçamento para esta obra. Ainda durante a missão, a comitiva está pleiteando uma emenda de bancada no valor de R$ 30 milhões. O orçamento total da obra está previsto em R$ 150 milhões. 

Klein diz que o processo licitatório será com regime diferenciado de contratação, contratando projeto e obra, agilizando os processos. O governo argentino autorizou a obra e não deve disponibilizar recursos. As obras estão previstas para iniciarem em 2022.

Também estavam presentes na reunião o senador Luis Carlos Heinze, o deputado federal Ubiratan Sanderson, o presidente da Famurs, Eduardo Bonotto, e lideranças políticas e empresariais da região das Missões.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895