Ponte pênsil em Iraí liga área urbana à aldeia indígena Caingangue
capa

Ponte pênsil em Iraí liga área urbana à aldeia indígena Caingangue

Estrutura de 110 metros teve custo de R$ 23 mil

Por
Agostinho Piovesan

Ponte pênsil leva à aldeia indígena e trilhas ecológicas

publicidade

Uma parceria entre a Administração Municipal e empresários ligados ao setor de turismo de Iraí, no Norte do Estado, garantiu a construção de uma ponte pênsil de 110 metros sobre o Rio do Mel ligando a área urbana e a reserva dos índios caingangues. A estrutura de madeira teve um custo de R$ 23 mil.

Segundo o prefeito de Iraí, Antonio Vilson Bernardi, a iniciativa liderada pelo Conselho Municipal de Turismo, a ponte, além de favorecer os indígenas, garante o acesso às duas trilhas ecológicas implantadas na mata atlântica que cerca o Centro Hidroterápico Municipal Osvaldo Cruz, onde são fornecidos banhos com água mineral. “Nossa cidade é uma cidade turística e essa iniciativa, mesmo com pouco valor investido, se constitui de grande importância, pois é mais uma ação que visa oferecer novas oportunidades aos visitantes, integrando-os ainda mais à natureza”, disse Bernardi.

A Administração Municipal lembra que nos últimos dois anos foram implementados vários projetos que estão garantindo um forte impulso à "Cidade Saúde", como é conhecida Iraí, em razão das fontes de água mineral. “A estrutura inacabada e abandonada há 37 anos, onde deveria funcionar o novo centro hidroterápico, foi transformado em moderno hotel, depois que o município repassou à iniciativa privada a partir da aprovação, pela Câmara de Vereadores, de projetos de lei enviados pelo Poder Executivo”, observa o prefeito Bernardi.

Ainda segundo o Poder Público, outros locais turísticos abandonados ou que necessitam de investimentos, serão recuperados a partir de parcerias entre o município e a iniciativa privada.