Pontes são encobertas pela água na Serra
capa

Pontes são encobertas pela água na Serra

Prefeitura e PRE informam sobre desvios e rotas alternativas

Por
Celso Sgorla

A ponte do rio das Antas, na Linha Alcântara, e a ponte do rio Carreiro, estão interrompidas para o fluxo de veículos

publicidade

A Prefeitura Municipal de Cotiporã informou, na manhã desta terça-feira, que duas pontes que levam ao município estão debaixo d´água. A ponte do rio das Antas, na Linha Alcântara, e a ponte do rio Carreiro, estão interrompidas para o fluxo de veículos. A Prefeitura de cotiporã indica que quem está na região de Bento Gonçalves e quiser seguir para Cotiporã, deve usar a BR 470. Também na Serra, na RSC 453, na saída de Caxias do Sul para Farroupilha, houve queda de barreira, mas o trânsito, apesar de lento, está fluindo por uma das pistas.

Na ERS 122, o trânsito segue bloqueado. A forte chuva que atingiu a Serra, na noite desta segunda-feira, provocou a queda de uma barreira por volta das 23h45min, bloqueando totalmente o fluxo de veículos na altura do km 45, entre os municípios de São Vendelino e Farroupilha. Não há previsão para liberação, segundo o Grupo Rodoviário da Brigada Militar. O bloqueio atinge os dois sentidos da rodovia.

Desta forma, a PRE orienta que, o motorista que estiver subindo a Serra, em São Vendelino, terá de pegar a ERS 446 no acesso a Bento Gonçalves e passar pelas BR 470 e RS 453, até chegar a Farroupilha. Esse trajeto passa pelos municípios de Carlos Barbosa e Garibaldi. Quem estiver em Farroupilha poderá fazer o caminho contrário, por Bento Gonçalves, acessando a ERS 446 por Carlos Barbosa até chegar finalmente à ERS 122 em São Vendelino, após o bloqueio.