Prefeitura de Canguçu assume gestão do Hospital de Caridade
capa

Prefeitura de Canguçu assume gestão do Hospital de Caridade

Prefeito Vinicius Pegoraro, as internações serão retomadas paulatinamente na instituição

Por
Correio do Povo

publicidade

A prefeitura de Canguçu assumiu nesta quinta-feira a gestão do Hospital de Caridade do município. De acordo com o prefeito Vinicius Pegoraro, ao longo dos últimos cinco meses foi feito um trabalho em conjunto com a administração da casa de saúde, que levou a uma transição tranquila. "A maternidade voltou a funcionar e as internações serão retomadas paulatinamente."

O presidente da instituição, Delaci Borges Pinto, afirmou que a direção permanecerá como apoio para a nova gestão. Ele destaca que os atrasos nos repasses federais e estaduais fizeram com que o hospital quase fechasse. "Temos 123 leitos e chegamos a ter um paciente internado." Conforme Borges Pinto, com as últimas verbas recebidas, o pagamento dos profissionais foi colocado em dia e houve a compra de medicamentos.

A prefeitura chegou a decretar calamidade pública na saúde pública no município em junho. Na época, os funcionários estavam em greve em razão de atrasos salariais e as internações haviam sido suspensas. No final de novembro, houve nova paralisação dos trabalhadores.

Conforme o prefeito Pegoraro, a prefeitura fez um aporte extra de R$ 800 mil ao Hospital de Caridade, o que auxiliou no pagamento aos funcionários. Para 2019, além dos R$ 220 mil repassados mensalmente, ele afirma que haverá repasse de mais R$ 1,8 milhão, totalizando quase R$ 4,5 milhões ao longo do ano. A prefeitura nomeou Gabriel Andina como novo diretor do estabelecimento, que já atuava na estrutura municipal.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que os hospitais receberam a competência referente a agosto na semana passada. Porém, a pasta ainda não tem previsão de novos pagamentos, pois depende da arrecadação.