Prefeitura de Guaíba cria grupo de trabalho para retomar obras de escolas de educação infantil

Prefeitura de Guaíba cria grupo de trabalho para retomar obras de escolas de educação infantil

Cada uma das unidades terá capacidade para receber 200 alunos

Fernanda Bassôa

As escolas inacabadas estão localizadas nos bairros Noli, Pedras Brancas e Cohab

publicidade

A prefeitura de Guaíba criou um grupo de trabalho para retomar as obras de três escolas de educação infantil que atualmente encontram-se paralisadas. No momento, a equipe técnica realiza ação força-tarefa para atualização de valores das etapas faltantes e contabiliza os danos causados pela paralisação. De acordo com a Administração, o grupo está na fase de compatibilização e adequação das planilhas de custos.

"Está sendo analisado o processo de cada unidade. A partir disso, será aberta uma nova licitação, buscando a conclusão o mais breve possível para atender à grande demanda existente de Educação Infantil", salienta a secretária de educação, Claudinha Jardim, ponderando que a expectativa é retomar os trabalhos ainda neste ano. Cada uma das unidades terá capacidade para receber 200 alunos. As escolas inacabadas estão localizadas nos bairros Noli, Pedras Brancas e Cohab.

A prefeitura lembra que as obras iniciaram em 2015 (através do Programa Nacional de Reestruturação de Educação Infantil, do FNDE) e em junho de 2018 foram paralisadas por conta de ausência ou atraso no repasse financeiro do FNDE. Com isso, ficou prejudicado o andamento do canteiro de obras e os serviços pararam. Em fevereiro de 2019 houve a rescisão contratual com a Empresa Cont Construções LTDA – EPP, responsável pela execução das três edificações.

A secretária assegura que o trabalho vem sendo retomado e os resultados já estão aparecendo. "A Educação é uma prioridade nossa e a abertura de novas vagas nas EMEIs é um compromisso que temos com a comunidade. Temos a convicção que vamos proporcionar uma Educação de qualidade para todos os guaibenses", conta Claudinha.

Cabe ressaltar que Guaíba é um dos poucos municípios que ainda segue com a tecnologia pultrudado (material composto por resina e fibra de vidro, de grande resistência e melhor custo benefício). "Temos um planejamento que vem sendo executado para conseguirmos atender as obras que estavam abandonadas", garantiu a titular da pasta de Educação. Nas três EMEIs, as ações são realizadas em conjunto. "São obras de grande porte construtivo, o que nos leva a ter um tempo maior para conclusão e entrega para a comunidade", explicou Claudinha Jardim.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895