Prefeitura de Uruguaiana busca alternativas para o comércio em meio a pandemia
capa

Prefeitura de Uruguaiana busca alternativas para o comércio em meio a pandemia

Palestra com orientação de crédito aos pequenos negócios será realizada nesta terça-feira

Por
Fred Marcovici

Na inauguração do programa estiveram presentes representantes do SEBRAE, entidades representativas do comércio lojista e empresários


publicidade

Nesta segunda-feira, no Palácio Rio Branco, teve início o projeto Recupera Uruguaiana, uma extensão do programa Cidade Empreendedora, parceria entre o Poder Público Municipal e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). Na inauguração do programa estiveram presentes representantes do SEBRAE, entidades representativas do comércio lojista e empresários. O encontro foi desenvolvido por meio de uma plataforma de videoconferência, e culminou na apresentação de uma palestra sobre empreendedorismo.

Será apresentada, nesta terça-feira, como parte do projeto Recupera Uruguaiana, uma palestra com orientação de crédito aos pequenos negócios. A atividade remota será veiculada na página do Facebook da Prefeitura Municipal, a partir das 19h.

O Programa Cidade Empreendedora do SEBRAE é desenvolvido com o foco em eixos prioritários que englobam ações estratégicas para o fortalecimento e expansão dos municípios, a fim de gerar emprego, renda e oportunidades de negócio. A capacitação tem por objetivo instruir e transformar, tanto a gestão pública quanto a iniciativa privada, a fim de desburocratizar e conferir mais agilidade aos processos de investimento no município.

Depois de ter apostado num programa similar, o Empreende Uruguaiana, que planejou o crescimento de empresas e a busca por soluções inovadoras para os negócios, agora a prefeitura e o SEBRAE investem no Recupera Uruguaiana, projeto que objetiva buscar ferramentas de solução para o atual cenário econômico local.

Durante o evento foi apresentado aos participantes o case empresarial de reinvenção em tempos de pandemia da empresária Gabriele Piccolini, com o intuito de mobilizar e motivar a classe empreendedora a adequar uma nova postura de enfrentamento à atual realidade.


O prefeito Ronnie Mello, destacou a adesão e o interesse dos empresários participantes, até agora pelo menos 60 já aderiram a proposta. “Em meio a pandemia os desafios aumentam e a oportunidade surge para quem acredita e busca fazer o diferente. Iniciamos hoje um investimento no SEBRAE para dar apoio e suporte aos empresários, afinal focamos no mesmo objetivo: fortalecer e reaquecer o setor econômico do município”, concluiu Mello.