Prefeitura decreta fim do zoneamento para tratamento da Covid-19

Prefeitura decreta fim do zoneamento para tratamento da Covid-19

Pela nova determinação, os hospitais estão aptos a tratar pacientes suspeitos ou positivos por infecção da doença

Angélica Silveira

publicidade

A prefeitura de Pelotas publicou, no final da tarde desta sexta-feira, um novo decreto sobre o enfrentamento da Covid-19 na cidade. Pelo documento, fica determinado o fim do zoneamento para atendimentos a casos de síndromes gripais, em especial casos suspeitos ou confirmados de coronavírus na cidade. 

Pelo zoneamento as referências eram o Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE-Ufpel), a Beneficência Portuguesas, o Centro Covid e a UPA Areal, além das 50 Unidades Básicas de Saúde. Agora, pela nova determinação todos os hospitais da cidade estão aptos a tratar pacientes suspeitos ou positivos por infecção da Covid-19. 

Conforme a Secretária de Saúde de Pelotas Roberta Paganini o fim do zoneamento ocorre em função da falta de médicos disponíveis para contratação e composição das escalas, o que impediu a abertura de novos leitos. Roberta diz que o fim do zoneamento foi determinado a partir da avaliação que os leitos disponíveis hoje podem ser insuficientes para atender a demanda. Ela lembra que a preferência para encaminhamento segue para o HE-Ufpel e Beneficência Portuguesa com ocupação máxima dos leitos nessas instituições ocorrerá  o encaminhamento para os demais hospitais. 

Até esta sexta-feira, Pelotas tem 181 óbitos por Cvid-19, 8581 pessoas contaminadas,6283 recuperados, 2087 em isolamento e 30 internadas.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895